Fale conosco: +55 11 3181 8700 /     atendimento@radarinvestimentos.com.br      radarinvestimentos

logotipo radar investimentos

Dê um primeiro passo e receba um convite de abertura de cadastro

Dê o primeiro passo e receba
um convite de abertura de cadastro



Dê o primeiro passo e receba
um convite de abertura de cadastro

USDA eleveva previsão de produção e estoque em 18/19

por | 12 set, 2018

São Paulo, 12/09/2018 – O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) elevou a sua previsão de produção de milho do país em 2018/19 de 14,586 bilhões de bushels (370,49 milhões de toneladas) em agosto para 14,827 bilhões de bushels (376,60 milhões de toneladas) em julho. O dado faz parte do relatório de oferta e demanda de agosto, divulgado há pouco. Analistas ouvidos pelo The Wall Street Journal previam redução da estimativa para 14,506 bilhões de bushels (368,45 milhões de toneladas).

A projeção de produtividade foi elevada de 178,4 bushels por acre (11,20 toneladas por hectare) para 181,3 bushels por acre (11,38 toneladas por hectare). Analistas previam 177,4 bushels por acre (11,13 toneladas por hectare). A estimativa de área plantada na safra 2018/19 foi mantida em 89,1 milhões de acres (36,06 milhões de hectares). O governo norte-americano espera área colhida de 81,8 milhões de acres (33,10 milhões de hectares).

O USDA também elevou a sua estimativa de estoque final de milho do país na safra 2018/19 de 1,684 bilhão de bushels (42,77 milhões de toneladas) para 1,774 bilhão de bushels (45,05 milhões de toneladas). Analistas esperavam 1,590 bilhão de bushels (40,38 milhões de toneladas).

O USDA voltou a revisar para cima a previsão de exportação dos EUA em 2018/19, de 2,35 bilhões de bushels (59,61 milhões de toneladas) para 2,40 bilhões de bushels (60,96 milhões de toneladas). Também aumentou, novamente, sua estimativa de consumo doméstico, de 12,63 bilhões de bushels (320,80 milhões de toneladas) em agosto para 12,705 bilhões de bushels (322,70 milhões de toneladas) agora. A projeção de volume destinado à produção de etanol no país foi igualmente elevada, de 5,625 bilhões de bushels (142,88 milhões de toneladas) para 5,650 bilhões de bushels (143,51 milhões de toneladas).

Para a safra 2017/18, o USDA reduziu sua previsão de estoque final de milho do país de 2,027 bilhões de bushels (51,49 milhões de toneladas) para 2,002 bilhões de bushels (50,85 milhões de toneladas). Analistas esperavam 2,014 bilhões de bushels (51,15 milhões de toneladas).

Preço ao produtor – O USDA alterou sua estimativa de preço pago ao produtor na safra 2017/18 para US$ 3,40 por bushel. No mês anterior, havia sido prevista a faixa de US$ 3,35 a US$ 3,45 por bushel. Para o ciclo 2018/19, o governo dos EUA reduziu a projeção para a faixa de US$ 3,00 a US$ 4,00 por bushel, contra US$ 3,10 a US$ 4,10 por bushel em agosto. (Clarice Couto – clarice.couto@estadao.com)