Fale conosco: +55 11 3181 8700 /     atendimento@radarinvestimentos.com.br      radarinvestimentos

logotipo radar investimentos

Dê um primeiro passo e receba um convite de abertura de cadastro

Dê o primeiro passo e receba
um convite de abertura de cadastro



Dê o primeiro passo e receba
um convite de abertura de cadastro

Santa exportação!

por | 5 set, 2019

Por Leandro Bovo da Radar Investimentos

As exportações seguem sendo o grande destaque do ano e a forte alta do dólar no mês de agosto ajudou a acelerar o ritmo que já vinha bastante forte. No acumulado de janeiro a agosto nosso volume exportado já é 15% acima do mesmo período do ano passado e a expectativa é de que esse numero cresça ainda mais no decorrer do segundo semestre.

Se em volume o crescimento foi grande, em faturamento os números foram ainda melhores, já que com a alta do dólar, o valor recebido em reais pela tonelada exportada cresceu enormemente reafirmando o papel das exportações como um fator cada vez mais relevante na precificação do boi gordo. Acompanhe no gráfico abaixo a evolução do preço médio em R$/tonelada da carne bovina in natura exportada nos últimos 12 meses.


190905_precio_medio_carne_vacuna_dg-9866321

Nas exportações o cenário segue como o mais favorável possível, já que temos expansão de volume com alta nos preços e vem daí a grande discrepância de poder de compra entre as industrias exportadoras (principalmente as habilitadas China) e as menores que atuam só no mercado doméstico.

Esse cenário é bom, mas poderia ser bem melhor caso a China já tivesse habilitado as outras plantas que estão na lista de espera há mais de 6 meses. A boa notícia nesse aspecto é que finalmente a tal “auditoria on line” dos chineses finalmente foi marcada e ao que tudo indica sairá do papel. Depois de tantas indas e vindas com relação a isso, ninguém está muito confiante dos resultados disso no curtíssimo prazo, porém com a visita do presidente Bolsonaro na China marcada para o final de outubro, é possível que finalmente a  novela tenha um final feliz.

***Texto originalmente publicado no informativo pecuário semanal “Boi & Companhia” nesta última quinta-feira (5/9) da Scot Consultoria***