Fale conosco: +55 11 3181 8700 /     atendimento@radarinvestimentos.com.br      radarinvestimentos

logotipo radar investimentos

Dê um primeiro passo e receba um convite de abertura de cadastro

Dê o primeiro passo e receba
um convite de abertura de cadastro



Dê o primeiro passo e receba
um convite de abertura de cadastro

Commodities/China: importações de soja e carne suína aumentam em ago/19

por | 24 set, 2019

Por Agência Estado

São Paulo – As importações chinesas de soja totalizaram 9,48 milhões de toneladas em agosto deste ano, avanço de 3,6% ante igual período do ano anterior, informou nesta segunda-feira o Departamento de Alfândegas da China. No acumulado do ano, o país asiático importou 56,32 milhões de toneladas da oleaginosa.

Dentre os derivados da oleaginosa, a China adquiriu 120 mil toneladas de óleo de soja em agosto, alta de 51,3% em relação ao volume registrado em igual mês do ano passado. De janeiro a agosto deste ano, a importação da commodity totalizou 520 mil toneladas.

As importações chinesas de milho chegaram a 230 mil toneladas em agosto, queda de 28,9% na comparação anual. No acumulado de 2019, o país importou 3,73 milhões de toneladas do cereal.

De trigo, os chineses importaram 120 mil toneladas em agosto, queda de 11,8%. No primeiros oito meses do ano, as importações do cereal pelo país asiático totalizaram 2,1 milhão de toneladas.

A China importou 162.935 toneladas de carne suína no mês passado, 76% mais do que um ano antes. No acumulado do ano, as importações chinesas do produto somaram 1,16 milhão de toneladas.

No mercado de algodão, a China importou 90 mil toneladas em agosto, recuo de 43,3% ante igual intervalo de 2018. A importação da fibra totalizou 1,43 milhão de toneladas entre janeiro e agosto deste ano.

As aquisições de óleo de palma pela China atingiram 590 mil toneladas, volume 94,6% superior ao importado um ano antes. Nos primeiros oito meses do ano, a importação da commodity atingiu 3,42 milhões de toneladas.

De lácteos, 253 mil toneladas foram importadas pela China em agosto, 3% a mais que no mesmo período do ano anterior. Nos primeiros oito meses de 2019, o país comprou 2,076 milhão de toneladas de produtos lácteos do mercado externo.

Quanto ao açúcar, a China importou 470 mil toneladas em agosto, 217,6% a mais que em igual mês do ano anterior. No acumulado do ano, as importações alcançaram 1,97 milhão de toneladas.