Fale conosco: +55 11 3181 8700 /     atendimento@radarinvestimentos.com.br      radarinvestimentos

logotipo radar investimentos

Dê um primeiro passo e receba um convite de abertura de cadastro

Dê o primeiro passo e receba
um convite de abertura de cadastro



Dê o primeiro passo e receba
um convite de abertura de cadastro

Boi/Imea: escalas de abate em Mato Grosso são as menores do ano

por | 26 nov, 2019

Por Nayara Figueiredo da Agência Estado

São Paulo, 26/11/2019 – As escalas de abate de gado em Mato Grosso alcançaram em novembro a média de 5,4 dias, queda de 9,1% na variação mensal e o menor patamar do ano, segundo levantamento do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). Em relação ao mesmo período de 2018, as programações estão 19,8% menores, com média era de 6,74 dias. “Isso significa que, alinhado com o que o mercado tem reportado, de fato a indústria está com dificuldades para fechar as escalas”, destacou o Imea. “Neste contexto, as cotações da arroba do boi gordo, que estavam praticamente estagnadas desde o começo do ano, agora seguem em valorização.” A arroba bovina no Estado chegou ao patamar médio de R$ 170, alta de 9,72% ante outubro e de 19,82% quando comparado ao de novembro do ano passado.

Os analistas do instituto ressaltam que este cenário de preços nunca foi visto na região e, se a demanda continuar aquecida, a cotação no mercado físico deve continuar avançando até o final do ano. Somente na última semana, a arroba do boi gordo subiu 6%, para R$ 173,24, enquanto a cotação da vaca gorda aumentou 7,7%, para R$ 163,57.

A demanda no mercado de reposição está aquecida, mas a baixa oferta de animais tem limitado o fechamento de negócios. Assim, o preço do bezerro 12 meses na última semana não subiu na mesma intensidade que o dos animais para abate,com alta de apenas 2,32% no comparativo semanal, para R$ 1.426,82.