Fale conosco: +55 11 3181 8700 /     atendimento@radarinvestimentos.com.br      radarinvestimentos

logotipo radar investimentos

Dê um primeiro passo e receba um convite de abertura de cadastro

Dê o primeiro passo e receba
um convite de abertura de cadastro



Dê o primeiro passo e receba
um convite de abertura de cadastro

Petrobras perde R$ 73 bi em valor de mercado, 2º maior tombo dos últimos 27 anos

por | 22 fev, 2021

Por CCN Brasil

As ações da Petrobras despencaram no pregão desta segunda-feira (22), com os investidores vendendo os papéis da petroleira por medo de ingerência política na condução dos negócios. Enquanto as ações preferenciais (PETR4) recuaram 21,15% para R$ 21,55, as ordinárias (PETR3) caíram 19,96% para R$ 21,69.

Com isso, a empresa perdeu quase R$ 72,6 bilhões em valor de mercado, segundo maior tombo nos últimos 27 anos, de acordo com levantamento realizado pela Economatica a pedido do CNN Brasil Business. Só ficou atrás da queda de 9 de março do ano passado, quando a petroleira perdeu R$ 91,12 bilhões em uma única sessão.

A debandada dos investidores acontece depois de uma série de falas do presidente Jair Bolsonaro sobre mudanças na precificação dos combustíveis. O ápice foi a indicação do general Joaquim Silva e Luna para o comando da companhia, no lugar de Roberto Castello Branco, feita nas redes sociais na última sexta-feira.

O mandato de Castello Branco se encerra em março. O conselho de administração deve se reunir na terça-feira para discutir a troca. 

A Petrobras, por meio de fato relevante, afirmou que recebeu o ofício para a substituição do governo, mas não foi além.

“A Petrobras esclarece que o presidente Roberto Castello Branco e demais Diretores Executivos da
empresa tem mandato vigente até o dia 20 de março de 2021. A Petrobras informa que novos fatos relevantes serão oportunamente divulgados ao mercado”, diz a nota.