Fale conosco: +55 11 3181 8700 /     atendimento@radarinvestimentos.com.br      radarinvestimentos

logotipo radar investimentos

Dê um primeiro passo e receba um convite de abertura de cadastro

Dê o primeiro passo e receba
um convite de abertura de cadastro



Dê o primeiro passo e receba
um convite de abertura de cadastro

Milho/Chicago fecha em baixa com amplos estoques de etanol nos EUA

por | 13 jan, 2022

Os futuros de milho fecharam em baixa nesta quinta-feira na Bolsa de Chicago (CBOT), refletindo a perspectiva de chuvas em algumas áreas da América do Sul que estavam mais secas. O mercado também continuou reagindo aos dados de produção e estoques de etanol nos Estados Unidos publicados na quarta-feira. No país, o biocombustível é feito principalmente com milho. O vencimento março do grão perdeu 11,50 cents (1,92%), para US$ 5,8750 por bushel.

De acordo com a Administração de Informação de Energia dos EUA, a produção média de etanol foi de 1,006 milhão de barris por dia na semana encerrada em 7 de janeiro, o menor nível desde o começo de outubro de 2021. O volume representa queda de 4% ante o registrado na semana anterior, de 1,048 milhão de barris por dia. Já os estoques do biocombustível aumentaram 7%, para 22,9 milhões de barris, o maior volume em quase um ano. Analistas esperavam produção entre 1,033 milhão e 1,050 milhão de barris por dia. Quanto aos estoques, as estimativas iam de 21,109 milhões a 22,059 milhões de barris.

Dados de vendas externas dos EUA também pesaram sobre os contratos. Segundo o Departamento de Agricultura do país (USDA), exportadores venderam 457,7 mil toneladas de milho da safra 2021/22 na semana encerrada em 6 de janeiro. O volume representa alta de 79% ante a semana anterior, mas queda de 59% em relação à media das quatro semanas anteriores. O resultado veio mais próximo do piso das estimativas de analistas, de 425 mil toneladas.

O Conselho Internacional de Grãos (IGC) reduziu em 5 milhões de toneladas sua estimativa de produção global de milho em 2021/22, para 1,207 bilhão de toneladas.

(Com informações da Dow Jones Newswires)