Fale conosco: +55 11 3181 8700 /     atendimento@radarinvestimentos.com.br      radarinvestimentos

logotipo radar investimentos

Dê um primeiro passo e receba um convite de abertura de cadastro

Dê o primeiro passo e receba
um convite de abertura de cadastro



Dê o primeiro passo e receba
um convite de abertura de cadastro

MILHO/AGRURAL: colheita da safrinha atinge 36% da área no Centro-Sul, 14 pp atrás de 2017

por | 20 jul, 2018

São Paulo, 20/17/2018 – A colheita da safrinha 2018 de milho atingiu 36% da área cultivada com o cereal no Centro-Sul do Brasil até quinta-feira (19), disse a AgRural, em levantamento semanal. Apesar do avanço de 11 pontos porcentuais em uma semana, a colheita segue atrasada e está 14 pontos porcentuais atrás do patamar de 50% registrado em igual período do ano passado e também abaixo dos 42% da média de cinco anos, segundo a consultoria.

“Plantio tardio, demora na perda de umidade dos grãos devido às temperaturas noturnas mais baixas e pouca pressa dos produtores em meio a um mercado pouco atraente explicam o ritmo mais lento”, justifica a AgRural. Entre os Estados que integram o Centro-Sul, quem puxa o atraso é o Paraná, onde apenas 6% da área está colhida, contra 36% de um ano antes.

Em Mato Grosso, o avanço é mais acelerado e 64% da área já está colhida. O índice é inferior aos 78% do ano passado, mas está em linha com a média de cinco anos. No vizinho Mato Grosso do Sul, 17% da área de milho está colhida, contra 24% há um ano. Em Goiás, a colheita chegou a 21%, abaixo dos 41% de 2017. “Em São Paulo, o baixo rendimento das lavouras causado pela estiagem fez a colheita avançar rápido nesta semana, saltando de 6% para 20%”, acrescenta a consultoria. (Nayara Figueiredo, nayara.figueiredo@estadao.com)