Fale conosco: +55 11 3181 8700 /     atendimento@radarinvestimentos.com.br      radarinvestimentos

logotipo radar investimentos

Dê um primeiro passo e receba um convite de abertura de cadastro

Dê o primeiro passo e receba
um convite de abertura de cadastro



Dê o primeiro passo e receba
um convite de abertura de cadastro

Dados da CONAB para o milho

por | 9 abr, 2021

Por Leandro Bovo da Radar Investimentos

No momento em que todas as atenções do mercado estão voltadas para o stress no mercado de milho, com o contrato de maio21 tendo atingido o importante patamar de R$ 100/saca, a Conab divulgou nessa manhã seus números para produção da safra verão, safra inverno e a produção total esperada para o ano de 2021 no Brasil.

Pela reação dos preços que até o meio-dia de 08/04 estavam em alta, o mercado não deu muito peso esses dados, que indicaram um aumento na produção de milho e nos estoques de passagem para esse ano, conforme pode ser observado na tabela e no gráfico abaixo.


conab-3252841

Talvez um dos motivos para o mercado não ter reagido positivamente foi o fato de que esses dados só trarão algum alívio no segundo semestre e no curto prazo a situação continua crítica, com baixíssima disponibilidade do cereal mesmo frente aos atuais preços recordes. Outro motivo também pode ter sido que os números da safrinha são previsões, que podem ser revisadas substancialmente para baixo caso haja quebra de produção devido a problemas climáticos na safrinha plantada em grande parte fora da janela ideal.

Mesmo assim, é valido fazer algumas considerações tendo esses números como base e se a safrinha performar conforme esses dados, conseguiremos superar o problema de desabastecimento no segundo semestre. A precificação da curva futura de milho com o contrato de jul21 e set21 muito acima da paridade de exportação nos faz crer que seremos bem menos competitivos no mercado internacional, com provável redução do volume exportado deixando mais milho para o tão necessitado mercado interno.

É claro que é muito cedo para tentar definir qualquer cenário para o milho com tantas variáveis sobre a mesa, como clima no Brasil, evolução da safra americana que nem foi plantada e evolução do dólar, mas num momento de tantas notícias ruins, o relatório da Conab é um alivio para quem se arriscar a ver o copo meio cheio.

***Texto originalmente publicado no informativo pecuário semanal “Boi & Companhia” nesta última quinta-feira (8/abr) da Scot Consultoria**