Fale conosco: +55 11 3181 8700 /     atendimento@radarinvestimentos.com.br      radarinvestimentos

logotipo radar investimentos

Dê um primeiro passo e receba um convite de abertura de cadastro

Dê o primeiro passo e receba
um convite de abertura de cadastro



Dê o primeiro passo e receba
um convite de abertura de cadastro

Trump ainda não se decidiu sobre novas tarifas a produtos chineses

por | 13 maio, 2019

SÃO PAULO  –  O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse, nesta segunda-feira (13), que ainda não tomou nenhuma decisão sobre tarifar mais US$ 300 bilhões em produtos importados da China.

Em entrevista na Casa Branca ao lado do primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán, a quem classificou como “altamente respeitável e controverso” líder, Trump comentou que vai se encontrar com o presidente chinês, Xi Jinping, no próximo G-20, marcado para os dias 28 e 29 de junho, em Osaka, no Japão, e que essa reunião pode render frutos.

O presidente americano também confirmou que se reunirá com o presidente russo, Vladimir Putin, no evento.

Trump declarou que os EUA estão em uma “excelente posição” nas negociações, independentemente do fechamento de um acordo comercial para encerrar a guerra tarifária com a China, iniciada em junho do ano passado.

Sobre a retaliação chinesa, anunciada nesta segunda-feira, Trump relativizou e admitiu que podem haver retaliações no processo, desde que não sejam “substanciais”. Ele reconheceu que esse tipo de contrapartida chinesa pode afetar, principalmente, os agricultores americanos. Mais cedo, na manhã desta segunda, o presidente americano tuitou que uma resposta chinesa iria apenas piorar a situação.

Contudo, o líder americano voltou a dizer, na tarde desta segunda, que a China tem se aproveitado dos EUA no comércio e criticou o suposto recuo chinês em pontos exigidos pelos americanos para o fechamento de um acordo. (Publicada pelo jornal “Valor Econômico”).